Publicidade

PT: risco à liberdade de imprensa.

Brasília - A tese do PT de controlar a mídia e colocar em risco à liberdade de imprensa foi um dos assuntos discutidos ontem, em São Paulo, durante palestra na 68ª Assembleia-Geral da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP). O ex-presidentes do Brasil e do Peru, respectivamente Fernando Henrique Cardoso e Alan García, falaram sobre o tema.

Questionado sobre declarações do atual presidente do Equador, Rafael Correa, contra a imprensa daquele país, Fernando Henrique fez um paralelo com o Brasil. “Aqui não é muito diferente, talvez mais discreto”, disse Fernando Henrique, sem citar integrantes do governo petista. “Para eles, quem atrapalha o governo é a imprensa. Agora acrescentaram um outro inimigo, que é o STF”, disse, em uma referência ao julgamento do mensalão, em curso na Corte desde o dia 2 de agosto.

A referência diz respeito a membros do Partido dos Trabalhadores e integrantes do governo que vem defendendo o cerceamento da liberdade de imprensa e mudanças no Judiciário. As menções se deram após a denúncia do mensalão do PT por parte da imprensa e a ampla divulgação do julgamento do caso, que os condenou.

Um exemplo recente foi dado pelo ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e pelo ex-deputado federal e ex- presidente do partido José Genoino após as suas condenações pelo STF. Em reunião com membros do PT, eles afirmaram serem necessárias mudanças na legislação que rege a imprensa e defenderam a “regulação” da mídia.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...