Publicidade

'Dilma não é líder, é reflexo de um líder', diz Fernando Henrique Cardoso


Ex-presidente defendeu candidatura do governador José Serra (PSDB).
Ele disse que Dilma ainda não teve possibilidade de demonstrar liderança.


O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso questionou nesta segunda-feira (8) a capacidade de liderança da ministra Dilma Roussseff (Casa Civil), apontada como pré-candidata do PT à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Ela não é líder. É reflexo de um líder", disse, antes da inauguração da Biblioteca de São Paulo, espaço inaugurado nesta tarde pelo governador de São Paulo, José Serra (PSDB).

O comentário acontece um dia após FHC ter provocado reação dos petistas com um artigo em que critica a estratégia que o governo adota para as eleições deste ano. Indagado se considerava Lula um líder, FHC riu e respondeu: "Claro que sim, eu não sou bobo".

FHC negou que seu governo tenha negligenciado a área social. “Se quiser comparar, a gente compara, desde que seja no contexto”, afirmou. Segundo ele, havia uma expectativa grande sobre mudanças com a chegada de Lula ao poder. “Quando veio o Lula, acharam que ia mudar, mas não mudou nada. O Lula seguiu adiante o que eu tinha lançado, e eu achei bom.”

"A Dilma ainda não teve possibilidade de mostrar liderança. Serra inspira confiança e tem liderança, já demonstrada no Ministério da Saúde, na Prefeitura de São Paulo e no governo do Estado"

Fernando Henrique fez também questão de comparar o currículo de Serra, pré-candidato tucano à sucessão presidencial deste ano, com o de Dilma Rousseff. "A Dilma ainda não teve possibilidade de mostrar liderança. Serra inspira confiança e tem liderança, já demonstrada no Ministério da Saúde, na Prefeitura de São Paulo e no governo do Estado."

O governador José Serra não comentou as declarações de Fernando Henrique nem o artigo publicado neste domingo no jornal “Estado de S. Paulo”. “Não quero falar sobre isso”, disse o governador pouco após a inauguração da biblioteca.

Apesar da clara defesa de Serra, o ex-presidente afirmou que o governador paulista deve manter a discrição sobre sua provável candidatura ao Palácio do Planalto. Questionado se Serra deveria mudar de atitude e falar sobre o pleito deste ano, FHC respondeu: "O PSDB tem de se posicionar. Tem candidato. [Mas] O governador tem de esperar um pouco mais." O tucano esquivou-se, também, de definir uma data para o anúncio da eventual candidatura Serra.

O ex-presidente tucano foi evasivo também ao falar sobre o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB). O mineiro postulava a vaga de candidato do PSDB nessas eleições presidenciais, mas desistiu da empreitada em dezembro. "Aécio está se dedicando a Minas Gerais. Seria deselegante dizer o que ele tem de fazer."

Fernando Henrique voltou a reiterar pontos do artigo publicado nesta domingo e disse que o governo Lula não promoveu mudanças com relação à sua administração. "Todos achavam que Lula mudaria tudo. Não mudou, seguiu adiante no que eu tinha feito. Eu achei bom", ironizou. E continuou: "Eleição é futuro. Se (o PT) quiser, a gente compara, desde que seja dentro de um contexto, não há o que temer."

G1
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...