Publicidade

FHC diz que Serra será candidato do PSDB e critica campanha antecipada

Ex-presidente diz que nome não é oficial ainda por questão de momento.

Ele esteve nesta manhã em inauguração de ciclovia em SP.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou neste sábado (27) que não há dúvidas de que o candidato do PSDB à Presidência nas eleições deste ano será o atual governador de são Paulo, José Serra. Segundo ele, o nome de Serra ainda não se tornou oficial apenas por uma questão de “momento”.

“O candidato do partido é o que todo mundo sabe, o José Serra. O problema é que não é o momento ainda, a lei não permite”, disse o ex-presidente. “Na medida em que o governador de Minas Gerais [Aécio Neves], que poderia ser candidato, tem condições, disse que não vai, então é o Serra. O resto é conversa.”

Ao ser questionado da postura do partido em não confirmar o candidato no momento em que o PT já confirmou a ministra Dilma Roussef como pré-candidata, Fernando Henrique indiretamente criticou o partido governista. “Ela não assumiu candidatura nenhuma, e já começou campanha. É fora do tempo e é ilegal.”

O ex-presidente participou da inauguração da ciclovia da Marginal Pinheiros, em São Paulo, evento que contou com a presença de Serra e o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab. Indagado se a decisão de lançar Serra passa por Aécio Neves, ele desconversou. “A decisão passa por todos os líderes, e o Aécio tomou uma posição, ele disse que vai se concentrar em Minas Gerais.”

Drogas
Fernando Henrique também negou ter pedido em evento na sexta-feira (26) a descriminalização de todas as drogas. “Não pedi nada. O evento foi feito com a Secretaria da Justiça para discutir qual a melhor maneira de reduzir o consumo. Não pode legalizar porque faz mal”, disse o ex-presidente. “A tese é outra. Não adianta coloca na cadeia o usuário, porque ele vai usar mais. Tem que botar na cadeia o traficante.”
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...