Publicidade

Fuad será candidato a prefeito em Carapicuíba.


O ex-prefeito de Carapicuíba Fuad Gabriel Chucre (PSDB) vai tentar voltar ao cargo que já ocupou por três mandatos na eleição de outubro próximo. Quem garante a pré-candidatura, que era até então a maior especulação política na cidade, são os tucanos José "Deuzinho" Batista de Sales, presidente de honra do PSDB carapicuibano e Rejan Janjácomo.

(Sex, 13 de Abril de 2012) "É boataria de quem já começa a temer a popularidade do Fuad, manifestada todos os dias nas ruas. Ele tem até dificuldade de andar nas ruas de Carapicuíba, tamanho o carinho do povo com ele. Isso deve estar aparecendo nas pesquisas e já está tirando o sono deles ["eles", no caso, dizem os dois tucanos, seria o PT].


"A alternativa então é plantar boatos, enquanto isso, estamos trabalhando estimulados pelo governador Geraldo Alckmin, que será o padrinho da candidatura", emendou Deuzinho. Ainda segundo ele, o grupo de Fuad ainda não cogita um nome de vice, mas ele pode sair do próprio PSDB.

"Estamos conversando com alguns partidos e inclusive com o deputado estadual Marcos Neves, do PSB, para uma eventual composição, mas este não é um processo para agora e a definição será do próprio Fuad", salientou Rejan. Eles lembram que o PSB faz parte da base de apoio a Alckmin na Assembleia Legislativa e até controla uma secretaria estadual, a do Turismo e imaginam que Neves, em tese pré-candidato, ficará sensível a um pedido do governador para se compor com os tucanos de Carapicuíba.

Ouvido pela reportagem, por telefone, Fuad Chucre confirmou a informação dos dois correligionários, mas, ressalvou que ainda não anuncia a pré-candidatura porque está "finalizando a solução de alguns problemas particulares. Mas, serei candidato, sim!", garantiu.

O presidente municipal do PSDB, vereador Waltinho Ferreira do Nascimento, disse ao Página Zero, na noite da quarta-feira, 11, ao final da sessão da Câmara, que apoia a pretensão de Fuad. "Ele é meu candidato também, mas ele tem que querer. Estou achando-o muito recalcitrante e nós temos prazos para poder viabilizar uma candidatura forte". O presidente disse que reunirá a Executiva na próxima semana para definir esse prazo. "O candidato do PSDB não refletirá uma vontade minha ou da Executiva, mas do diretório. Se o Fuad não quiser, teremos candidato de qualquer forma e qualquer um do partido está apto para isso", completou o presidente tucano.


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...